• Telefone: (16) 2101-7700
  • E-mail: contato@multifrio.com.br
  • Horário: Seg à Sex: 8:00 - 18:00h Sábados: 8:00 - 12:00h
03/12/2019

O início da refrigeração

 Naturalmente a refrigeração está presente nas nossas vidas constantemente, pois sempre que há necessidade basta nos locomovermos até o refrigerador ou freezer e escolhermos o alimento desejado sem ter preocupação ou pressa de consumi-lo de imediato, graças ao sistema de resfriamento que permitira o alongamento da vida útil do produto, sem perder propriedades energéticas. Tendo atualmente isso no nosso dia-a-dia, é estranho imaginarmos que este aparelho indispensável na comunidade moderna começou de fato ser distribuído em grande escala em menos de 90 anos.

 Pois é, o refrigerador não é tão antigo comparado ao tempo que existe o conceito de refrigeração no planeta. Em tempos antigos, muito antes de Cristo, alguns itens eram conservados em extremidades cavadas na terra, envoltas por gelo natural (coletado em pólos mais frios) e cobertos com palha. Posteriormente na Era Medieval, passando-se muitos séculos, já era hábito da população construir suas residências e estabelecimentos em regiões mais geladas para assim poderem ter alimentos em estado favorável de consumo por mais tempo, onde mais tarde passaram a construir compartimentos de madeira preenchidos por gelo e outras substâncias que permitiam o isolamento da temperatura.  Devido á essa prática, foi necessário o surgimento de profissionais para coleta deste gelo, e assim a comercialização para fins de conservação alimentícia, nascendo então os “homens de gelo”.

 Porém, nesta época, já haviam sido feitos vários estudos sobre a preservação que o frio contribuía para os alimentos, contra microorganismos que são responsáveis pelo processo de decomposição, descobertos assim graças à invenção do microscópio. Paralelamente, o escocês William Cullen através de experimentos e pesquisas conseguiu criar gelo com vapor de água em vácuo dentro de um compartimento, tal experimento que teve continuidade no século seguinte por Gérard Nairne. Mais tarde, em 1860, Ferdinand Carré inventou a técnica de resfriamento através de compressores de amônia que no ano seguinte contribuiu para a instalação da primeira fábrica de congelar carne do mundo que foi instalada na Austrália.

 O sistema de refrigeração passou por algumas mudanças, e em 1913 em Chicago foi fabricado o primeiro equipamento doméstico, nomeado Dolmere. Em seguida veio o clássico e ainda conhecido hoje em dia por seu design mais “elegante”, o Kelvinator, em 1918, que no ano seguinte deu início à pioneira marca Frigidaire.  Em 1949, o inventor Clarence Birdseye aprimorou o sistema tornando-o mais eficiente, pois além de diminuir o tempo do processamento para 1 hora e meia, ele era efetuado a seco.

 No Brasil, o primeiro refrigerador foi fabricado em 1947, em Brusque, cidade localizada em Santa Catarina. Ela foi replicada Guilherme Holderegger e Rudolf Stutzer, porém tinha como combustível querosene. Em 1950, após uma sociedade com o comerciante Wittich Freitag, nasce a empresa de refrigeração Consul, em Joinville.  

Curiosidade:

 Antigamente os refrigeradores tinham grandes semelhanças visuais com armários de cozinha ou de louça. Para evitar confusão e não pender vendas, em 1950 a fábrica Kelvinator entregou aos vendedores estatuetas de pingüins feitas de cerâmica para serem colocados em cima dos eletrodomésticos e diferenciarem assim de outros produtos. Quando os clientes compravam o produto, pediam como brinde a estatueta e acabou se tornando uma febre nos anos 50 e 60.

 Você já sabia desses fatos? Deixe sua opinião aqui embaixo!!!

Deixe um comentário

  • Ribeirão Preto:
    (16) 2101-7700
    São Sebastião do Paraíso:
    (35) 3531-4446

  • Loja 1:
    Rua José de Alencar, 436
    Campos Elíseos - 14080-350
    Ribeirão Preto - SP

    Loja 2:
    Rua dos Antunes, 733
    Nossa Sra. Aparecida - 37950-000
    São Sebastião do Paraíso - Minas